Como as empresas podem sobreviver à crise do COVID19?

Como as empresas podem sobreviver à crise do COVID19

A pandemia do novo coronavírus tem afetado diversos setores da economia. Os impactos econômicos e financeiros que essa crise terá nas empresas será grande. Nesse momento delicado, é vital que elas organizem um pacote de gestão de crise. Mas quais são as medidas que devem ser adotadas neste período? Quais leis, que afetam o seu negócio, foram alteradas? Quais diretrizes tributárias devo adotar? Como passar por isso afastando ao máximo o risco de déficit financeiro, desemprego e muitas dívidas? O que as empresas podem usar a seu favor durante esse período de crise?

Muitas empresas estão perdidas e não sabem responder essas e outras perguntas sobre o cenário atual. Durante essa fase de turbulência, é importante que os gestores estejam cientes de quais serviços são essenciais para o período de emergência. Ter parceiros estratégicos, apoiando e orientando sua empresa, permite adotar as iniciativas corretas, direcionando seus esforços de maneira ágil e justa, criando, assim, possibilidades de fortalecimento para o seu negócio passar pela crise sem maiores danos.

Os governos federal, estadual e municipal adotaram algumas medidas importantes para esse período de calamidade pública. As mudanças nas normas são constantes e necessárias para combate aos efeitos da pandemia da Covid-19.

Grupo Ricardo Furtado tem acompanhado de perto a situação e os problemas enfrentados por muitas instituições. Para ajudar algumas empresas no processo de organização financeira, nosso setor contábil reuniu informações fiscais sobre a prorrogação de prazos de tributos e redução de alíquotas na tabela abaixo:

Você não precisa passar por isso sozinho, nós podemos te ajudar. Proteja seu negócio, entre em contato com a assessoria do Grupo Ricardo Furtado.

Fonte: organizesuaescola.com.br

Leia também: Projeto de Lei prevê comissão para negociar reajuste de mensalidade